“Sentidos Confusos” em Piadas de Barzinho

“Você já notou que usamos duas partes do nosso corpo e não só a boca para sentir o gosto das coisas? E não seja o espertinho dizendo que é a língua, você me entendeu; agora, coloque sal na ponta de seu dedo tampe o nariz e então salpique sua língua. Eh, você não está sentindo o gosto e se está o sal nem parece tão salgado assim. Eu não sou das biológicas para explicar o porquê, só pare de cuspir o maldito sal, falei para colocar pouco, não virar o pote!

E os ouvidos? Sabia que não precisamos de todo o aparato de fora – esses orelhões – para poder ouvir sons? É sério, já existem fones de ouvidos que você os coloca para vibrarem certos ossinhos dentro do ouvido e então você simplesmente consegue escutar tudo! Que?! Não, imbecil. Quem cortou a orelha foi o Van Gogh, o Picasso não cortou nada de si.

O nariz também não escapa desta! Sério, quer ver? Chegue perto da fumaça deste cigarro, está sentido o cheiro, certo? Ok, agora abra sua boca…

Porque do nervosismo? Só porque eu assoprei a fumaça na sua boca? Eu sei que você não fuma, mas você sentiu a fumaça com a boca, não? Ah, entendi, foi o gosto da fumaça, não o cheiro, tudo bem, nesta você ganhou.

 Não, espera, não vai embora cara, faltam os últimos, os olhos!

Basicamente você não depende de outra coisa para poder enxergar senão seus olhos, mas é incrível como o olhar é um dos sentidos mais subordinados que nós temos. Quando um animal vai te atacar você precisa ouvir para conseguir olhar o bichano antes e tentar escapar. Em um incêndio, se você não sentir o cheiro da fumaça você pode não ver o fogo. Porque você sabe, “onde tem fumaça tem fogo” assim como esse incêndio que você perdeu:

Ali. Está vendo esta mulher que acabou de passar e deu um leve esbarrão em você e o senhor nem ligou? Então, ela estava te olhando a noite toda e você não notou, talvez tenha te faltado o sexto sentido… Ha! Ha! Ha! Entendeu? Entendeu?

Não, não, calma lá, não precisa ficar chateado também. Quer ver os sentidos ficarem confusos mesmo? Venha aqui, isso, pegue o copo de vinho, agora vire ele em uma só, goela abaixo, vamos ver…

 O quê? Sentiu o cheiro do vinho? Sentiu o gosto do vinho? Ouviu o barulho dele descendo por sua garganta? Aposto que está vendo a garrafa razoavelmente cheia ainda, não? Bom, não foi o suficiente, você sabe o que fazer. Vai!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s